(41) 3148-1818 • (41) 99505-0350 comercial@18gigas.com.br
Escolha uma Página

Alguns estados do nosso país já estão retornando às aulas presenciais. Sabemos que o cenário escolar será bem diferente daquele que conhecíamos antes da pandemia da Covid-19. O fato é que as escolas precisarão adotar um protocolo rígido de cuidados com a saúde das crianças, que deverá incluir aferição de temperatura antes das aulas, disponibilização de álcool gel para higienização das mãos, distanciamento entre pessoas, escalonamento de horários de intervalo, entre outras medidas. Quanto ao aprendizado, muito se tem falado sobre a adoção do modelo híbrido de ensino. Mas você sabe o que é isso?

 

O Ensino Híbrido

O Ensino Hibrido é uma nova metodologia que associa a aprendizagem presencial com a remota. Essa metodologia já existia antes da pandemia, mas ficou mais conhecida a partir do ano passado, devido à necessidade de integração da tecnologia às práticas pedagógicas. O modelo híbrido representa uma grande inovação, pois ele permite usar as diversas ferramentas da tecnologia durantes as aulas, o que aumenta os recursos de aprendizado e os benefícios para as crianças.

No entanto, o fato de a tecnologia ser um ótimo instrumento que auxilia a aprendizagem não faz com que ela seja eficiente sozinha. É importante e necessário que as ferramentas tecnológicas sejam conduzidas e mediadas pelo professor. Por isso, nesse modelo é fundamental a interligação dos dois momentos: o presencial e o remoto.

Essa metodologia exige do aluno uma adaptação quanto à rotina de estudos, uma vez que representa uma grande mudança de paradigma. No modelo presencial, o aluno tem uma postura mais passiva quanto ao aprendizado, pois a responsabilidade maior acaba sendo da escola. Já no ensino híbrido, o aluno precisa se organizar quanto às ferramentas digitais, o que lhe confere um papel mais ativo e um aumento da autonomia quanto ao seu aprendizado.

Como aplicar o Ensino Híbrido na escola?

Nesse modelo, parte das aulas ocorrerá na estratégia presencial e parte ocorrerá de forma on-line. É evidente que toda essa mudança não acontecerá de um dia para o outro, e a escola precisa estar preparada para oferecer esse serviço aos alunos. É necessário que os professores recebam formação continuada para que saibam manejar corretamente as ferramentas tecnológicas. Nem todos os educadores têm tanta afinidade com os recursos de videoconferência, gravação de videoaulas ou adição de atividades mediadas pela tecnologia. Dessa forma, para que o ensino híbrido oferecido seja de qualidade, os professores precisam estar capacitados para que dominem as ferramentas e possam auxiliar também os alunos em suas dificuldades.

Também é necessário haver mudanças na infraestrutura da escola, no que se refere à aquisição de equipamentos de tecnologia, como computadores conforme a demanda, e equipamentos audiovisuais, como câmeras, microfones, caixas de som, entre outros. Além disso, é imprescindível pensar na organização do currículo, visto que enquanto parte dos alunos terá aula presenciais, outra parte terá aulas remotas.

 

As Novas Tecnologias

Falar em ensino híbrido logo nos remete aos computadores e aulas via videoconferência, mas você já pensou em inserir os recursos tecnológicos também nos momentos presenciais? Ferramentas como jogos e atividades digitais são de grande utilidade para trazer o lúdico para a aprendizagem, tornando-a mais efetiva e prazerosa para os alunos. Além disso, a presença dos jogos funciona como um elemento intermediário entre o ensino remoto e o retorno às aulas presenciais, fazendo com que a criança não associe o momento presencial como algo totalmente não digital, onde não há presença de elementos tecnológicos.

A Mesinha Digital possui mais de 300 atividades que podem ser inseridas em planos de aula para ajudar o educador a oferecer uma aula mais interessante para os seus alunos. Seu universo de cores, movimentos, personagens e melodias tem a capacidade de encantar o aluno e trazer elementos lúdicos para os momentos de aprendizagem. Isso faz com que a criança aprenda de forma mais leve, se divertindo, coisa que é mais difícil de acontecer sem a presença dos recursos lúdicos. Assim, a Mesinha Digital, além de tudo o que proporciona, também é uma ferramenta de motivação para o aprendizado!

Pensando também em atender às diretrizes previstas na Base Nacional Comum Curricular – BNCC, a Mesinha Digital conta com manual pedagógico que correlaciona as atividades aos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento (Educação Infantil) e às habilidades (Ensino Fundamental) elencadas na BNCC. Também há sugestões de aplicação das atividades para facilitar o trabalho dos professores em inserir os jogos em seus planos de aula. Dessa forma, além de proporcionar a fixação dos conteúdos por meio das atividades lúdicas, o equipamento ainda cumpre com as determinações de aprendizado do Ministério da Educação. Além disso, fornecemos suporte pedagógico contínuo, oferecendo toda a orientação necessária para que a escola tenha a melhor experiência possível com a Mesinha Digital!

Não fique de fora desse aprendizado que hoje, mais do que nunca, é mediado pela tecnologia! Conheça a Mesinha Digital e descubra um mundo de atividades para potencializar o aprendizado das crianças!

Gostou do artigo de hoje? Então, fique ligado nas próximas postagens para aprender mais!